segunda-feira, 28 de março de 2011

Alguêm sabe o nome dessa doll?

Ví esse comercial esses dias e achei mega fofo(talvez se o comercial nao fosse com bonecas,eu nem ligaria rs..enfim..),achei as bonecas usadas no comercial,muito parecidas com as Pullips(minha mais nova febre)e gostaría muito de saber um pouco mais sobre elas;porem já dei uma procurada pela net e nao achei nada sobre elas.Se alguêm souber o nome da bonequinha,podería me dizer?Quem sabe ela nao entra para minha colecao rs? ;0)

Fofura"Kids"

Eu rí muito na semana passada,quando alguêm na comunidade da qual faco parte no orkut,postou esta cartinha escrita por uma crianca(provavelmente,no primário ainda)para sua provavel"namoradinha"rsrs.Cliquem na foto para amplia-la.O texto é hilário,mas ao mesmo tempo fofo,por se tratar de uma crianca rs

Pray for Japan

                                               WE ARE PRAYING FOR YOU JAPAN!!!

Tait Hughes Geijer

Quando comprei o meu último Taeyang esses dias,eu coloquei o nome dele de Tait Hughes Geijer,e varias pessoas me perguntaram o porquê e de quem se trata,pois até entao a maioria nunca tinha ouvido falar no nome desta pessoa.Bom..meu Tae chegou e nao sei porque mas acabei achando o boneco super semelhante ao Tait e resolví assim"batiza-lo"de Tait rs;depois posto as fotinhos do meu Tae aqui pra vcs darem uma conferida.Ok;mas quem é Tait?Well..Tait Hughes Geijer é um modelo de 16 anos que está dando muito oque falar por aí;talvez devido a sua androginia;aliás,as pessoas hoje em dia estao tao andróginas que as vezes é até dificil saber quem é quem ou oquê é oquê.Tait apesar de em algumas fotos parecer muito com uma menina;ele é um menino rs(lindissimo por sinal);a primeira vez que o ví achei que fosse uma menina anorexica,somente depois dando uma pesquisada pela net afora é que fui ver que se tratava de um menino.Aliás,eu tambem achava que o Justin Bieber fosse uma menina quando o ví a primeira vez rs...
Confiram :0)





QUANDO ME AMEI DE VERDADE

Quando me amei de verdade,
pude compreender que em qualquer circunstância,eu estava no lugar certo,na hora certa.
Então,pude relaxar...
Quando me amei de verdade,
pude perceber que o sofrimento emocional é sinal de que estou indo contra a minha verdade.

Quando me amei de verdade,
parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.

Quando me amei de verdade,
comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma coisa ou alguém que ainda não está preparado,inclusive eu mesma.

Quando me amei de verdade,
comecei a me livrar de tudo o que não fosse saudável.

Isso quer dizer:
pessoas,tarefas,crenças e qualquer coisa que me pusesse pra baixo.

Minha razão chamou isso de egoísmo.
Mas,hoje eu sei que é amor-próprio.

Quando me amei de verdade,
deixei de temer meu tempo livre e desisti de fazer planos.
Hoje,faço o que acho certo e no meu próprio ritmo.Como isso é bom!
Quando me amei de verdade,
desisti de querer ter sempre razão e,com isso,errei muito menos vezes.

Quando me amei de verdade,
desisti de ficar revivendo o passado e de me preocupar com o futuro.

Isso me mantêm no presente,que é onde a vida acontece.
Quando me amei de verdade,
percebi que a minha mente pode me atormentar e me decepcionar.
Mas,quando eu a coloco a serviço do meu coração,ela se torna uma grande e valiosa aliada...

NÃO(me) JULGUEIS

Não critiques meu desempenho;
Não tentes me pregar no lenho
Das tuas vãs expectativas!
As minhas ações negativas
Pintadas em cores tão vivas
Deveriam te servir de espelho...
Poupa-me, pois, do teu conselho,
E trata de tirar de dentro,
Do âmago de ti, bem do centro,
A intenção de fazer direito
O que me vês sendo imperfeito!

AS DUAS SOMBRAS

Na encruzilhada silenciosa do Destino,
Quando as estrelas se multiplicaram
Duas sombras errantes se encontraram.

A primeira falou:Nasci de um beijo
De luz, sou força, vida, alma, esplendor.
Trago em mim toda a glória do Desejo,
Toda a ânsia do Universo... Eu sou o Amor

O mundo sinto exânime a meus pés...
Sou Delírio... Loucura... E tu, quem és?

- Eu nasci de uma lágrima, sou flama
Do teu incêndio que devora...
Vivo dos olhos tristes de quem ama
Para os olhos nevoentos de quem chora.

Dizem que ao mundo vim para ser boa
Para dar do meu sangue a quem me queira
Sou a saudade, a tua companheira
Que punge, que consola e que perdoa...

Na encruzilhada silenciosa do destino.
As duas Sombras comovidas se abraçaram
E,desde então,nunca mais se separaram... 

FELICIDADE...ONDE ESTÁ VOCÊ?

Felicidade,onde está você agora?
Por que mính'alma chora a sua ausência?
A tristeza se apoderou de mim
desde que você foi embora!
A minha angústia é tanta
que preciso urgentemente encontrá-la.
Já fiz o possível nessa vida para conservá-la a meu lado,
mas juro que não entendo onde está a minha falha!
Mais do que lutei,para chegar onde cheguei,
impossível.
Tenho tudo em minha casa
mesa farta é o que não falta,
porque graças à Deus,financeiramente estou bem,
e até profissionalmente já me realizei,
pois na minha profissão,todos os degraus eu alcancei.
Então,felicidade,quem é você afinal?
Não a vejo,nem siquer a reconheço,quero ouvir a sua voz!
Diz-me o porquê de sua ausência,
e me prove sua existência,por favor.
Me dizendo o que fazer para encontrá-la,
e juro,felicidade,que um dia vou achá-la.

Alimente a sua alma...

“Tenho pena das pessoas que têm um restaurante favorito, mas não têm um autor ou livro favorito. Pois elas sabem onde alimentar seu corpo, mas matam de fome sua alma”.

SAUDADE...

Cada vida é uma história;
Algumas vividas com glória,
Outras, tão só por emoção;
Viveste, intensamente, o amor,
Enfrentaste a vida com destemor,
Fazendo vibrar e pulsar o coração.
Vê o que a vida te deu,
Todo amor que te ofereceu,
Sempre, sempre, dia a dia;
Vê que tua vida permanece
E o amor não arrefece,
Apesar do "tudo" que você queria.
Lembra que o aqui, o agora,
É algo que se rememora
A todo e qualquer instante,
Lembra que a vida é passagem,
E que ao atingirem a listagem,
Estarão, de novo, juntos, lá distante.
Onde? Quando?
É esperar e viver.
Só "ELE" sabe as respostas.

HOJE MINHA ALMA CHORA

O Sentimento e a razão passeavam, pelas alamedas da vida
Quando o sentimento num sussurro bradou:
"Hoje a minha alma chora"!
De alegria talvez,de tristeza talvez.
Lembranças num repente
Vem a golpear como alfinete
Dolorido coração sente
"Passado não,passado não".
Diz a razão recrudescente
Vejo a alegria no futuro brevemente.
"Hoje minha alma chora"!
Alfinete a golpear novamente
Jorram as lagrimas do passado fluentemente
Mas as alegrias do futuro a todas secam num repente
"Hoje a minha alma chora"!

APESAR DE TUDO...

Apesar das tragédias
que explodem pelos
quatro cantos do planeta,
eu ante-vejo, através
da neblina do tempo,
um raio de luz prateada
anunciando o alvorecer
do novo tempo...

Quando os passarinhos
voltarão a cantar alegremente,
o amor retornará com sua ternura
e as flores lilases florescerem
mais coloridas e perfumadas
pela claridade das manhãs de sol
da nova primavera que chegou...
TUDO SERÀ FELICIDADE!

O desgaste da inveja

De todas as características que são vulgares na natureza humana a inveja é a mais desgraçada; o invejoso não só deseja provocar o infortúnio e o provoca sempre que o pode fazer impunemente, como também se torna infeliz por causa da sua inveja. Em vez de sentir prazer com o que possui, sofre com o que os outros têm. Se puder, priva os outros das suas vantagens, o que para ele é tão desejável como assegurar as mesmas vantagens para si próprio. Se uma tal paixão toma proporções desmedidas, torna-se fatal a todo o mérito e mesmo ao exercício do talento mais excepcional.

Por que é que o médico deve ir ver os seus doentes de automóvel quando o operário vai para o seu trabalho a pé? Por que é que o investigador científico pode passar os dias num quarto aquecido, quando os outros têm de expor-se à inclemência dos elementos? Por que é que um homem que possui algum talento raro de grande importância para o mundo deve ser dispensado do penoso trabalho doméstico? Para tais perguntas a inveja não encontra resposta. Afortunadamente, porém, há na natureza humana um sentimento compensador, chamado admiração. Todos os que desejm aumentar a felicidade humana devem procurar aumentar a admiração e diminuir a inveja...

Transcendentalismo

Já sossega, depois de tanta luta,
Já me descansa em paz o coração.
Caí na conta, enfim, de quanto é vão
O bem que ao Mundo e à Sorte se disputa.

Penetrando, com fronte não enxuta,
No sacrário do templo da Ilusão,
Só encontrei, com dor e confusão,
Trevas e pó, uma matéria bruta...

Não é no vasto mundo — por imenso
Que ele pareça à nossa mocidade —
Que a alma sacia o seu desejo intenso...

Na esfera do invisível, do intangível,
Sobre desertos, vácuo, soledade,
Vôa e paira o espírito impassível!

Terra dos fantasmas

O mundo não é como se sonha
há rachaduras por todos os lados
e fantasmas vagam sem saber para onde
seus anjos os abandonaram

Eles habitam belas casas mortas
assombram espelhos
só olham para fora
atravessam portas fechadas

Eles não dormem mas sonham
e realizam desejos maldosos
em busca de suas necessidades humanas

À noite, choram
sem saber porquê
Eles foram abandonados
e assim abandonaram a sua parte humana...

sábado, 12 de março de 2011

Sem destino

Parto sem destino
Dobro a última esquina
Faço aceno ao Divino
Recordo quando era menina
Meus passos tristes e lentos
Virgem de sonhos e pensamentos.

Faço pequeno balanço da vida
Alimento esperança, nem sei de quê
A memória levo já descolorida
E a luz nos olhos já mal se vê.
Esqueço o encantamento e a emoção.
Trago comigo a nostalgia da infância
Talvez me chegue a madrugada ao
coração.
Surja alguma estrela, nesta febril ânsia.

Levo comigo o tudo e o nada
Encho-me de liberdade, como pombo solto
E se alcançar a madrugada?!
Não volto!
Parto-me na lonjura
Esqueço tudo no meu olhar caído
Já de mim não sinto pena, só loucura,
Pena do tempo eu ter perdido.

Já não tenho a força da semente
Morro nestas palavras e sua inquietude
Neste sonho reposarei serenamente
Levo da vida saudade da Juventude..